NA AGROTINS DIGITAL, BASA TEM FINANCIAMENTO PARA COMPRA DE VEÍCULO, CAPITAL DE GIRO, CUSTEIO E INVESTIMENTOS




Pela primeira vez em vinte anos de Feira de Tecnologia Agropecuária (Agrotins), a maior feira agropecuária do estado do Tocantins ocorrerá, de forma inovadora, em ambiente online. O evento será entre os dias 27 a 29 de maio, podendo ser acessado, 24 horas por dia, de qualquer localidade por meio de plataformas digitais e redes sociais.

Desde o primeiro ano de realização da Agrotins, em 2001, o Banco da Amazônia (Basa) está presente, com soluções de crédito para o empreendedor rural dinamizar ainda mais os negócios no campo. Este ano, o principal banco de fomento do Norte do país também marcará sua presença digital no evento, criado para promover o desenvolvimento sustentável do setor agropecuário, com destaque para a área do agronegócio e o apoio a pesquisas e transferência de tecnologia ao setor produtivo.

“Para o Banco tudo também é uma grande novidade, pois essa é nossa primeira participação em uma feira digital. Mas estamos preparados. Clientes, parceiros e a sociedade em geral podem esperar do Banco da Amazônia um leque de produtos, com as melhores taxas e prazos do mercado”, assegura Marivaldo Melo, superintendente regional do BASA no Tocantins.

Entre os produtos, o Basa disponibilizará financiamentos para aquisição de caminhonetes, capital de giro, custeio e investimentos com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), principal linha de crédito de fomento da Instituição.

PRAZOS E TAXAS COMPETITIVAS

Uma das linhas disponíveis aos que visitarem a Agrotins digital é a Amazônia Veículos Produtor Rural, para compra de veículo utilitário novo. Nessa linha, o banco financia até cem por cento do valor da caminhonete, com um prazo para pagamento de até 60 meses, sem necessidade de entrada, com taxas a partir de 0,56% ao mês.

Também há recurso para quem precisa de capital de giro. O Amazônia Giro Produtor Rural é um crédito rápido e desburocratizado para aquisição de matérias primas, insumos, bens e produtos voltados ao agronegócio. A taxa dessa linha é a partir de 0,6% ao mês (7,46% ao ano) e há dispensa de garantias para operações de até R$ 100 mil, com a liberação do crédito em uma só vez na conta do cliente. O prazo para pagamento é de até 24 meses.

Quem quiser desenvolver, modernizar ou aumentar a competitividade do seu empreendimento rural, comprando matérias primas, insumos, bens e produtos votados ao agronegócio, pode lançar mão da linha de custeio, tanto agrícola quanto pecuário, onde as taxas são a partir de 5,55% ao ano. Há isenção de IOF e bônus de adimplência. Sobre prazo de pagamento, o custeio agrícola pode ser quitado em até 24 meses.

Já no pecuário, o prazo de pagamento dependerá da destinação que o empreendedor dará ao recurso. Se for para recria e engorda, retenção de cria e engorda e retenção de matrizes, o prazo é de até 24 meses. Se for somente para retenção de cria o prazo é de até 18 meses. Já para outras finalidades diferentes dessas, o prazo é de até 12 meses.

O Banco da Amazônia também oferece uma linha para compra de máquinas, equipamentos, silagem, matrizes e outros tipos de investimentos voltados à ampliação, diversificação, implantação, modernização, reforma e relocalização de empreendimentos rurais. A linha voltada a investimento tem taxa a partir de 5,43% ao ano, com isenção de IOF, bônus de adimplência e carência de até seis anos para começar a pagar o financiamento. Já a quitação total pode ser feita em até 12 anos, podendo chegar a 15 anos em caso de armazenamento.

Para participar da Agrotins 2020 basta acessar o www.agrotins.to.gov.br ou acompanhar a programação pelas redes sociais do evento no Instagram e no Youtube (agrotins2020). Nos três dias da Feira haverá palestras, painéis, lançamentos de campanhas e outras atividades voltadas para o desenvolvimento sustentável do setor rural.



POSTS RELACIONADOS