Banco da Amazônia organiza homenagens no Círio de Nazaré 2021




Aliando-se à fé dos paraenses, o Banco da Amazônia (Basa) realizará uma série de homenagens no período que antecede o segundo domingo do mês de outubro da maior festa cultural e religiosa da Região Amazônica que é o Círio de Nossa Senhora de Nazaré.  

Coerente com a decisão da Diretoria da Festa do Círio de não realizar a tradicional procissão, o Basa manterá algumas homenagens como a missa com a visita oficial da imagem peregrina que será realizada na quinta-feira, dia 07 de outubro, na sede da instituição, quanto nas ações no sábado e domingo, 09 e 10 de outubro.  

O secretário executivo do Banco, Alcir Erse, explica que as homenagens do Banco da Amazônia durante o Círio já acontecem de forma estratégica desde 1994. “Nossas ações se pautam pelo apoio à cultura regional, às iniciativas sociais e aos negócios da região Amazônica que se intensificam no período nazareno no estado do Pará, nesta edição com diversos ajustes para atender as orientações dos organismos de saúde em decorrência da pandemia”, comentou. Ele destaca ainda que o Círio de Nazaré fortalece o relacionamento do Banco com a sociedade por meio de ações de voluntariado social e valorização dos colaboradores com ações de engajamento e que buscam incentivar a integração e o relacionamento pessoal.  

Chuva de pétalas mantida como homenagem  

Assim como ocorre há vários anos, o Basa vai manter a homenagem por meio do lançamento de pétalas de rosas por ocasião da visita da Imagem Peregrina na sede do Banco a ser realizada no dia 07 de outubro, quinta-feira. No sábado, que seria a Trasladação, e no Domingo do Círio, as pétalas serão jogadas nos horários em que a Berlinda de Nossa Senhora costuma passar em frente ao edifício sede do Banco. No sábado, será às 19h30 e no domingo às 9h30.  

Telão de LED 

Como a sede do banco fica localizada em um ponto privilegiado da Avenida Presidente Vargas, uma das principais vias por onde passam as procissões do Círio, novamente o Banco vai disponibilizar um telão de LED em frente à sede do Banco. “Quem passar na frente do telão, vai poder relembrar imagens de procissões anteriores, na lateral do prédio, serão feitas projeções de vídeo mapping com imagens de Círios passados”, informou o secretário Alcir Erse.  

Ações e Patrocínios  

Neste ano, pela primeira vez, o Banco está patrocinando a Diretoria da Festa de Nazaré para a decoração da Berlinda de Nossa Senhora de Nazaré. O momento da decoração será transmitido através de live com a participação da cantora Adriana Aride.  

Ainda como incentivador de ações culturais da quadra nazarena, o Banco também está patrocinando a gravação em estúdio do Show do Grupo vocal AMA, que tradicionalmente integra equipe de louvores marianos em anos anteriores na frente da sede do Basa. A gravação do show terá transmissão em redes sociais e no telão em frente ao Banco durante a programação da semana do Círio.  

 Adicionalmente, haverá para os colaboradores da Instituição, a distribuição de camisas para os colaboradores e cartazes para clientes do banco. “Também faremos a distribuição de máscaras de proteção individuais durante a realização de todos eventos que vamos realizar”, explicou Alcir Erse. 

Peregrinações da imagem de Nossa Senhora

Realizada de modo voluntário pelos colaboradores da Instituição, as peregrinações nas agências da área metropolitana de Belém do Pará e nas dependências da sede se iniciaram no dia 8 de setembro de 2021 na unidade de Castanhal-PA.  

O encerramento dessas reuniões internas alusivas ao Círio sempre é marcada com a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. Neste ano, ocorrerá na quinta-feira (07), no auditório Rio Amazonas, 15º andar, com uma missa que terá início às 8h30 e será celebrada pelo Cônego Vladian Silva Alves, pároco da Paróquia Santíssima Trindade e diretor geral da Faculdade Católica de Belém. Toda a Diretoria Executiva do Banco estará presente.  

A recepção da imagem peregrina ocorrerá pelo presidente do Basa, Valdecir Tose, acompanhada da tradicional chuva de pétalas de rosas. Em seguida, a imagem será levada para o auditório Rio Amazonas, para que possa receber as homenagens dos colaboradores.  

Como a instituição segue todos os protocolos de prevenção à covid-19, todos devem obrigatoriamente usar máscaras, fazer uso do álcool 70% e manter o distanciamento social. O auditório terá a lotação reduzida. Não será permitido ficar em pé e o uso dos assentos será de modo alternado. Será obrigatória a apresentação da carteira de vacinação contra covid-19  na entrada do auditório.  

“Feirinha dos Artesãos da Amazônia”    

Como forma de incentivar a economia criativa regional e celebrar o Círio de Nazaré 2021, pela primeira vez, o Banco da Amazônia (Basa) promoverá a Feirinha dos Artesões da Amazônia composta por seis artesãos de Belém do Pará. A Feira ocorrerá no período de 06 a 08 de outubro, com visitação das 10h às 17h.    

Esta Feira integra as ações do Basa em homenagem ao Círio de Nazaré 2021. De acordo com o coordenador de Patrocínio, Promoção e Gestão da Marca da Instituição, Ewerton Alencar, ainda em decorrência da pandemia da covid-19, as exposições culturais encontram-se suspensas. “Uma forma encontrada pelo Banco neste ano foi valorizar o artesão local, favorecer a produção artesanal e incentivar que os colaboradores e clientes adquiram produtos alusivos ao período nazareno”, explicou o coordenador.    

A organizadora da Feirinha, Simone Chermont, destaca que esta iniciativa dá oportunidade aos expositores divulgarem os seus produtos, incentivando a economia criativa e colaborativa. “Com a pandemia, vários tiveram que se reinventar para poder sobreviver. Eu mesma como produtora e coordenadora de Feiras fiquei dois anos sem poder realizar nenhum evento criativo. Fiz apenas duas feirinhas online”, revelou Simone.    

Participarão da feirinha as artesãs: Lorena Daibes (@carinhosemaromas) que oferece artesanato fino para banheiros, óleos, difusores e toalhinhas; a artista Andréa Fiúza (@lafiuza) que trará artes em geral como leques, Chapéus e imagens religiosas; a organizadora Simone Chermont (@bafonbrecho e @simonechermont) que vai oferecer peças sustentáveis seminovas; Alda Leite (@artfofa) com artesanatos em Mdf, caixas, escapulários de porta, quadros, kits de Nossa Senhora; e as artesãs Rita Toda e Veruska Santos com a loja Égua Mana (@eguamanadasamigas), ofertando artesanato de mesa e cozinha em tecido.  

Conheça a história do Círio!

Celebrado anualmente desde 8 de dezembro de 1793, no segundo domingo de outubro, reunindo cerca de 2 milhões de pessoas em todas as romarias e procissões, o Círio de Nazaré é uma devoção religiosa, herdada dos colonizadores portugueses. Diversos milagres são atribuídos pelos cristãos à Nossa Senhora de Nazaré. Um dos mais conhecidos teria sido a graça alcançada pelo fidalgo português Dom Fuas Roupinho, cujo cavalo galopava em uma mata perto de um abismo. Ao perceber que cairia para a morte, o fidalgo pediu a proteção de Nossa Senhora; e o cavalo conseguiu parar. 

Este ano, em função da pandemia da Covid-19 e pelo segundo ano consecutivo, a celebração, que ocorre em Belém do Pará, será realizada num novo formato, respeitando o distanciamento. Por isso, não haverá romarias. Em 2021, a programação começou no dia 10 de setembro e seguirá até 24 de outubro.

A partir do dia 1º de outubro, será realizada a abertura do Arraial de Nazaré, no estacionamento da Basílica, seguindo os mesmos moldes do Arraial de 2020, com cerca de 30 estandes e um palco para apresentação das bandas militares. Na sexta-feira, 8 de outubro, a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré seguirá, no carro-berlinda ou num carro do Corpo de Bombeiros, para Ananindeua e Marituba, passando por grandes vias, como a Avenida Almirante Barroso e a BR-316, e retorna a Belém. Não haverá procissão.

Já no sábado, 9 de outubro, além da descida da imagem original do Glória, haverá a missa da trasladação, no Colégio Gentil Bittencourt, e mais um traslado para a Catedral Metropolitana, de onde, no segundo domingo de outubro, após a missa, a imagem retorna, em carro de Bombeiros, até a Basílica.

As romarias costumam reunir multidões pelas ruas de Belém, sendo que, na Grande Procissão, no segundo domingo de outubro, o público é de, aproximadamente, 2 milhões de pessoas. A diretoria da festa informou que, se houver um agravamento da situação pandêmica, a programação pode sofrer alterações.

Veja a programação completa do Círio!

05/10: missa solene de abertura na Basílica Santuário para apresentação do Manto 2021, às 18h.

07/10: missa de apresentação do Manto, às 18h.

08/10: saída do traslado da imagem peregrina para Ananindeua no carro dos Bombeiros, com trajeto limitado, às 8h.

09/10: às 12h, descida da imagem original do Glória às 18h, missa da trasladação no Colégio Gentil; às 18h30, live da decoração de berlinda e traslado da imagem peregrina para a Catedral da Sé, no carro dos Bombeiros.

10/10: às 7h, missa solene na Catedral da Sé e traslado da imagem peregrina até a Basílica.



POSTS RELACIONADOS