Mais de R$ 11 bilhões em crédito de fomento para a região Amazônica




Banco da Amazônia fechou 2020 com crescimento de 35,8% em crédito de fomento na Amazônia Legal


O ano de 2020 vai ficar na memória de muita gente. Muitos precisaram se reinventar e criar novas formas de trabalho. Para o Banco da Amazônia (BASA), também foi um ano de desafios, mas a Instituição conseguiu se superar e fechou o ano com R$ 11 bilhões em contratações de crédito de fomento, registrando um crescimento de 35,8% em relação ao ano de 2019, cujo valor contratado foi de R$ 8,1 bi. Do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), o Banco contratou R$ 10,45 bi.

Esse valor vai diretamente para o desenvolvimento socioeconômico dos mais de 28 milhões de pessoas que vivem na Amazônia Legal. “São recursos que estão sendo aplicados em projetos que vão beneficiar a região, dentre os quais, destacamos o financiamento de R$ 3 bilhões em infraestrutura, que envolve saneamento, energia e logística de portos e transportes”, afirma o presidente do BASA, Valdecir Tose.

De acordo com o presidente, o BASA voltou a investir no setor de energia em vários estados, a exemplo de Roraima, que vai receber geração de energia através do biodiesel, gás natural e de madeira renovada, todas financiadas pelo Banco da Amazônia. “Sem essa participação do banco nas áreas da energia, logística, estrada e porto, não existe a bioeconomia, e como consequência não tem como exportar o produto ecológico e sustentável que é produzido na região Amazônica”, comenta.

Valdecir Tose comemora o fato de concluir 2020 com o investimento de R$ 11 bilhões aplicados em toda a região Amazônica e nos estados do Mato Grosso e Maranhão. “Superamos a nossa meta. Em 2021, pretendemos manter esses R$ 11 bi em toda região, atender o maior número de empreendedores, a agricultura familiar e expandir para as micro e pequenas empresas o crédito de fomento da nossa região”, conclui.

Perspectivas para 2021

O foco neste ano é a entrega total do Basa Digital, plataforma que engloba todos os outros meios digitais já criados pelo BASA. O app é voltado para o crédito que será totalmente digitalizado, com foco maior no microcrédito urbano e para os empreendedores do varejo.

Dentro do aplicativo Basa Digital, há o link “Sua Conta BASA” que deve auxiliar as pessoas a abrirem a conta corrente sem sair de casa. “Nós somos um banco de fomento que investe em empreendimento rural e urbano com juros subsidiados e condições facilitadas e temos compromisso com o desenvolvimento da população da nossa região”, complementa o presidente do BASA, Valdeci Tose.



POSTS RELACIONADOS